Aguas do Pantanal...







"No Pantanal ninguém pode passar régua. Sobremuito quando chove. A régua é existidura de limite. E o pantanal não tem limites". (Manoel de Barros)

Conheci o Pantanal ainda criança. Tinha 9 anos e me encantei a quantidade de água existente. Eram lagoas azuis que pareciam espelhos refletindo as nuvens do céu. Nas margens, uma imensidão de pássaros coloridos... Como explicar? Como descrever as cores, os barulho alegre dos cantos destes pássaros, como explicar? Coqueiros esguios emolduravando as paisagens... Jacarés preguiçosos descansavando à beira destes lagos... Parece mentira? Não era não... A riqueza da fauna era imensa... Na viagem por estradas de terra, as aves de pernas finas desfilavam a nossa frente com elegância...quanta elegância!!!

Hoje as coisas mudaram... Não se vê as coisas como eram vistas antes. Jacarés? Não é posssivel mais encontrar 500 como contamos uma vez quanto viajávamos de Campo Grande para Corumbá. 500 jacarés!!! é muita coisa. Mas foi verdadeiro e as crianças no carro nem viram o tempo passar. Era cada um mais belo que o outro. Como explicar beleza tão incomum...

A verdade é que o Pantanal é um espetáculo a parte. Imenso... Colorido... Repleto de vida... de muitas vidas!

Comentários

  1. Oi Bell, estive um pouco off line, mas agora retorno a blogsfera. Bem, achei lindas as fotos do pantanal e mais ainda o trabalho social que realiza. As minhas questões emocionais, agora já resolvidas, deram material para meus posts.Espero tua visita. Beijos, Carla

    ResponderExcluir
  2. Que bom que está de volta... e fico feliz que tenha gostado do Pantanal. Não conhece ainda?Precisa conhecer... é lindo!!! bjaaa

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

MENSAGENS DE FORMATURA

Lugar sem comportamento é o coração...

"Solenidade de formatura - mensagens"