Amor pela rua

Pela rua vai um casal de namorados,
Mãos dadas, vão ao ponto de ônibus.
Beijos discretos, namoro nos estribos,
Amor comedido, esperam abraçados

Um ônibus que não demora e se vão.
E eu, poeta, que tantos namorados vejo,
Surpreendo-me. Ainda há quem ao beijo
Imponha um limite e decrete a discrição

Como regra ao namoro, pelo menos
Em público. No íntimo, é deles a escolha
Da carícia ou se querem com eles o pudor

Mas fora, na rua, ainda que pequenos,
Que sejam assim os toques. Quem olha
Não precisa saber quão quente é seu amor.

Francisco Libânio,
29/08/09, 12:28 AM

Comentários

  1. Obrigado pela referencia.Isabel é o nome, com a adaptação, da minha mãe. Adorei seu blogue.

    ResponderExcluir
  2. Francisco... já temos mais alguma coisa em comum, além da poesia viu??? O nome Isabel.... volte sempre.... bjsss

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

MENSAGENS DE FORMATURA

"Solenidade de formatura - mensagens"

Lugar sem comportamento é o coração...